Arquivo de maio de 2016

Ex-ministro Borges da Silveira vai ser coordenador político da campanha de Ney Leprevost para prefeito de Curitiba


Postado em 31/mai/2016 - Sem Comentários


O médico, empresário do ensino, ex-deputado e ex-ministro da Saúde, Luiz
Carlos Borges da Silveira, aceitou o convite do deputado Ney Leprevost
(PSD) para ser o coordenador político da sua campanha a prefeito de
Curitiba. A Borges da Silveira caberá a interlocução entre o pré-candidato
e os partidos que poderão compor a coligação majoritária. “Escolhi o Dr.
Borges porque desde a campanha temos que deixar bem claro que vamos
trabalhar com gente séria. Ele tem uma extensa ficha limpa de serviços
prestados ao Paraná e ao Brasil”, afirma Ney Leprevost.

O filé mignon dos conselhos das estatais ainda nem foi fatiado


Postado em 31/mai/2016 - Sem Comentários


LauroJardim, O Globo*:Os partidos aliados a Michel Temer esfregam as mãos com um filé mignon que
nem chegou a ser fatiado nesta primeira leva de nomeações — os conselhos de
administração das estatais.

Será uma espécie de farra do boi. Mistura remuneração alta com apenas uma
reunião mensal para participar. Um conselheiro de Itaipu, por exemplo, leva
para casa R$ 20 mil por mês. Ali, estão alojados (não por muito tempo) os
petistas Jaques Wagner e Giles Azevedo.

Na Eletronuclear, está Marco Aurélio Garcia, ele mesmo, o assessor para
assuntos internacionais de Dilma Rousseff, tanto em seu governo como no
afastamento do Alvorada.

No BNDES, estão José Eduardo Cardozo, Aldo Rebelo e Miguel Rossetto.
Empresa de capital misto também é pouso da turma que engorda os salários
como conselheiros.

Eis alguns exemplos:

Brasilcap e Brasilprev: Valdir Simão, Luís Inácio Adams;

BB/Mapfre: Aloizio Mercadante e Edinho Silva;

E, finalmente, a Neoenergia. Em novembro, quando a Lava-Jato já estava em
seus calcanhares, Paulo Bernardo foi indicado pelo Banco do Brasil como seu
representante no conselho de administração. Desses todos, Bernardo foi o
primeiro a dançar. Na semana passada, foi desligado do conselho da
Neoenergia.

(foto: Ailton de Freitas/Agência O Globo)

*link nota*

http://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/

Márcia Fruet ataca as entidades que atendem moradores de rua


Postado em 31/mai/2016 - Sem Comentários


A presidente da FAS, Márcia Fruet (PDT), 1ª dama do município, atacou as
entidades e grupos de voluntários que atendem e assistem os moradores de
rua em Curitiba. Em entrevista a BandNewsFM na segunda-feira, 30, Marcia
Fruet afirmou que as entidades podem ajudar a prefeitura e a FAS recuando
na entrega de cobertores, comida, colchões e barracas às pessoas que moram
embaixo das marquises, nas ruas e praças e parques da capital paranaense.

“Porque dificulta demais o trabalho social da abordagem e do convencimento
da nossa equipe de fazer com a pessoa que está na situação da rua, possa
querer sair dessa situação. Quando você da muito conforto na rua, e quando
eu falo conforto não estou falando de fazer com que eles saiam a força ou
coisa assim, eles vão se enraizando nas ruas. A primeira frente que o
voluntariado pode atuar é essa, de convencer as entidades que não ajuda
fazer essa ação na rua”, completou.

Segundo Márcia Fruet, os voluntários podem ajudar “fazendo com que as
entidades que doam comida na rua, que doam cobertores na rua, e agora
barracas, colchões e outros moveis na rua, que elas possam recuar um pouco”.
(foto: divulgação)

Trabalho de entidades sociais não ajuda moradores de rua, diz Márcia Fruet*

*link vídeo*https://www.youtube.com/watch?v=o9xMWNyqPko&feature=youtu.be

Em entrevista à rádio Band News, a primeira dama de Curitiba e presidente
da Fundação de Ação Social (FAS), Márcia Fruet, criticou a atuação de
entidades sociais que distribuem comida e cobertores para moradores de rua.
Na gestão de Márcia à frente da FAS, o número de moradores de rua na cidade
aumentou consideravelmente, principalmente com o fechamento de unidades
públicas como a da Rua Conselheiro Laurindo, no Centro.

Richa nomeia mais 255 novos servidores e repassa R$ 4 milhões ao HC


Postado em 31/mai/2016 - Sem Comentários


Nesta segunda-feira, 30, em Ponta Grossa, o governador Beto Richa confirmou
que assinou os decretos de nomeação de 255 novos servidores para os
hospitais das universidades estaduais de Maringá, Londrina e Cascavel.
“Somados aos 130 servidores do Hospital Universitário dos Campos Gerais,
chegamos a quase 400 novos profissionais para reforçar o atendimento à
saúde nas nossas instituições”, disse Richa.

Richa confirma repasse de R$ 4 milhões para o Hospital de Clínicas*

O governador Beto Richa confirmou o repasse mensal de R$ 340 mil para o
Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, de Curitiba. Serão
mais de R$ 4 milhões ao ano. Richa visitou o hospital nesta terça-feira
(31) e afirmou que os recursos de custeio, que são do programa HospSUS do
Governo do Estado, começarão a ser repassados na primeira quinzena de
junho.

O objetivo, de acordo com o governador, é auxiliar na manutenção das
atividades do hospital, referência estadual em diversas áreas do Sistema
Único de Saúde (SUS). “Diante das dificuldades na área da saúde pública do
Brasil, pela falta de repasses federais e defasagem da tabela do SUS,
inserimos o HC no programa HospSUS, que destina recursos de custeio para
hospitais públicos e filantrópicos do Estado”, explicou Richa.

“Embora seja uma instituição federal, nos sensibilizamos com as
dificuldades deste hospital, que é referência para o Paraná e para outras
partes do País. É gratificante poder dar esta contribuição a um hospital
que já salvou milhares de vidas”, disse o governador. “Nós só temos
condições de apoiar o HC porque o Estado se preparou para enfrentar a crise
nacional. Nosso esforço, planejamento e o ajuste fiscal que promovemos
permitem que tenhamos recursos para isso”, completou Richa.

Acompanhado do reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho, dos secretários da
Saúde, Michele Caputo Neto, e da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda
Richa, o governador fez uma visita a algumas à ala de transplante de medula
óssea e nas clínicas pediátrica e cirúrgica do Hospital de Clínicas.

11 MIL PACIENTES – Cerca de 11 mil pacientes são atendidos diariamente pelo
HC. Atualmente, o local é referência para o atendimento de urgência e
emergência, recebendo vítimas de acidentes de trânsito, violência e outros
traumas. Além disso, o hospital integra a Rede Mãe Paranaense, com a
assistência integral a gestações de alto risco.

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, explicou que o governo
estadual já mantém uma parceria, por meio do HospSUS, com a maternidade
Victor Ferreira do Amaral, que faz parte do complexo do Hospital de
Clínicas. “A parceria com a UFPR é antiga. O que celebramos hoje, após um
pedido da direção do hospital, é a inclusão do Hospital de Clínicas no
HospSUS, que é um programa voltado para os hospitais estaduais. E não vamos
parar por aqui. Estamos trabalhando em outras parcerias entre o Estado e o
HC”, afirmou Caputo Neto.

Para o secretário, a inclusão do HC no HospSUS permite que o Estado invista
ainda mais no fortalecimento da estrutura da unidade. “É muito importante
que este hospital tenha todas as condições de fazer aquilo que a população
paranaense ou de outras partes do Brasil precisa”, destacou.

MEDICAMENTOS – Caputo Neto ressaltou que, além dos recursos de custeio, o
Governo do Estado também pode contribuir com a aquisição de equipamentos e
de suprimentos para o hospital.

A Secretaria da Saúde já enviou, no dia 11 de maio, um lote com 27 tipos de
medicamentos e uma série de materiais médicos-hospitalares para suprir uma
necessidade emergencial da unidade. O investimento foi de R$ 94 mil.

Entre os itens estavam sondas, bisturis, termômetros, ataduras, cateteres,
agulhas, talas, drenos, seringas, luvas cirúrgicas, compressas e outros
materiais básicos que serão distribuídos para diversos setores do hospital.

UFPR – O reitor da Universidade Federal do Paraná, Zaki Akel Sobrinho,
elogiou o apoio do governo estadual para garantir o atendimento no Hospital
de Clínicas. “É muito importante o Governo do Estado ter essa sensibilidade
de repassar não apenas R$ 343 mil por mês, mas também garantir recursos
para insumos e equipamentos”, disse Akel. “Hoje o grande problema do
hospital é desabastecimento. Vamos empregar integralmente este montante no
reabastecimento de nosso hospital para não suspendermos o atendimento da
população”, afirmou o reitor.

Zaki Akel explicou que a situação do hospital é bastante complexa porque
não recebe recursos suficientes do Ministério da Educação. De acordo com
ele, o HC tem uma dívida de cerca de R$ 10 milhões com fornecedores – um
déficit mensal de quase R$ 2 milhões por mês. “Precisamos de uma solução
completa. Por isso estamos renegociando os contratos com a Prefeitura de
Curitiba e vamos atrás do Ministério da Educação para ampliar o
financiamento do hospital e tentar deixá-lo superavitário até o final do
ano”, afirmou.

O superintendente do Complexo do HC, Flávio Tomasich, disse que o convênio
com o Estado vai permitir a reestruturação do hospital. “A Secretaria de
Estado da Saúde é parceira há um longo tempo e tem nos auxiliado neste
momento de crise com o aporte de medicamentos e insumos”, afirmou.

PRESENÇAS – A visita foi acompanhada pela secretária da Família e
Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; pelo vice-reitor da UFPR, Rogério
Andrade Mulinari; e pelo presidente da Associação Amigos do HC, Euclides
Scalco, além de funcionários do hospital.

(foto: pedro ribas/aen)

PDT X PMDB : Osmar Dias entra na briga pela Itaipu


Postado em 30/mai/2016 - Sem Comentários


O vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias (PDT), entrou na briga
pela presidência da Itaipu Binacional. A informação de Ilimar Franco n’O
Globo desta segunda-feira, 30, aponta ainda o ex-presidente Rodrigo Rocha
Loures, ex-presidente da Fiep, como outro indicado do PMDB que junto com o
DEM também disputam o comando da binacional.

A matéria adianta que o PMDB poderá ficar com o comando das estatais
elétricas como a Eletrobras, Eletrosul, Chefs e Furnas. No caso da Itaipu, uma
ala do PMDB paranaense defende a escolha de Osmar Dias. A nomeação teria
como objetivo preparar sua candidatura ao governo do Paraná em 2018 pelo
PMDB.

“Conhecer o setor não é um critério absoluto. Tem que ter capacidade
gerencial. O Fernando Henrique era economista? E deu no que deu (Plano
Real). O Osmar Dias virou referência no agronegócio”, comentou um assessor
de Temer. Caso confirme a indicação, Osmar Dias troca o PDT pelo PMDB.

Já o empresário Rodrigo Rocha Loures é pai do assessor direto do presidente
Michel Temer, o ex-deputado Rocha Loures que cuida pessoalmente da agenda
de Temer. O DEM também resolveu disputar o cargo, e está indicando o
ex-deputado Abelardo Lupion, presidente da Cohapar.

(foto: Agência Senado)

No PSDB de Foz do Iguaçu, Camilo desiste, apoia Ivone e irrita Cássio Lobato


Postado em 30/mai/2016 - Sem Comentários


A disputa pela indicação do candidato a prefeito de Foz do Iguaçu pelo PSDB
teve uma semana agitada em Foz do Iguaçu. O presidente do diretório
municipal, o hoteleiro Camilo Rorato, em entrevista a Rádio Cultura,
anunciou sua desistência na disputa e o apoio a vice-prefeita Ivone
Barofoldi que, na mesma entrevista, disse que espera contar como apoio do
atual prefeito Reni Pereira (PSB) em baixa nas pesquisas.

Já o outro pré candidato do PSDB, o advogado Cássio Lobato (FOTO) adianta que vai
continuar sua caminhada “por uma candidatura própria do partido buscando a
construção e união de forças com base na renovação na politica de Foz do
Iguaçu com o objetivo de salvar a cidade que passa por momento difícil e
vergonhoso”. Lobato disse contar com apoio do presidente estadual da
legenda, deputado Ademar Traiano, que, segundo ele, reafirmou que o partido
terá candidato próprio e a direção estadual esta observando os fatos em Foz
do Iguaçu.

Fruet adere ao higienismo e retira moradores de rua da marquise do HSBC


Postado em 30/mai/2016 - Sem Comentários


A presidente da FAS, Marcia Fruet, atacou como ‘política higienista’ o
recolhimento dos moradores de rua do centro e das praças de Curitiba. Mas o
marido, o prefeito Gustavo Fruet (PDT) se dobrou aos higienistas e mandou
retirar 15 moradores de rua da marquise ao lado HSBC no
Juvevê. Funcionários do próprio banco e de uma farmácia ao lado da marquise
afirmaram ao Metro Jornal que todos
foram removidos do local “do dia para a noite” e tiveram os pertences
levados embora.

A duas quadras dali, na esquina da Avenida João Gualberto com a rua Augusto
Severo, um grupo de três pessoas que vivem no local afirmou que recebeu a
companhia de um dos “expulsos”. Segundo eles, o rapaz relatou intimidação
da Guarda Municipal para deixarem o local, o que a prefeitura nega.

Mara Lima repudia violência sexual contra mulheres


Postado em 30/mai/2016 - Sem Comentários


A deputada Mara Lima, presidente do PSDB Mulher e da Comissão de Defesa dos
Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa, repudiou nesta segunda-feira,
30, a violência praticada contra a menina de 16 anos, violentada
sexualmente por mais de 30 homens no Rio de Janeiro. “É um caso que grita
aos nossos ouvidos! Fala-se em 34 abusadores. Um estupro coletivo! Esse, no
entanto, não é um caso isolado. A cada quatro minutos uma mulher é
violentada sexualmente no Brasil! Somando, por ano, são 147.691 registros.
Ou seja, 405 casos por dia!”, disse.

Mara Lima lembrou que na madrugada deste domingo, dia 29 de maio, uma
mulher de 48 anos foi cruelmente espancada pelo ex-marido em um bairro em
Campo Mourão, tendo um dos seios perfurado por ferro de construção. O
agressor ainda não foi localizado.No Piauí, disse a deputada, uma
adolescente foi vítima de estupro coletivo, violentada e agredida por cinco
elementos e até agora ninguém foi preso.

Em Paranaguá, lembrou Mara Lima, uma menina foi estuprada, agredida
repetidamente, várias e várias vezes durante pelo menos quatro anos e, na
última quarta-feira (25), sofreu um edema cerebral provocado pelas lesões
repetidas. “O caso pode parecer história de filme de terror, mas aconteceu
em Paranaguá, aqui do nosso lado, e a vítima, uma menina de apenas 15 anos,
morreu. O homem apontado como autor do crime, era o companheiro que morava
com a jovem. Companheiro?”, questionou.

A deputada também cobrou o fim da “lógica justificadora” que tenta lançar
para as vítimas a culpa pelos crimes. “Precisamos adotar medidas eficazes
no que se refere ao dever do Estado de investigar, processar e punir essas
violações; precisamos adotar todas as medidas para dar total e integral
apoio e assistência às vítimas; precisamos de medidas preventivas de
verdade, que fomentem a educação com parâmetros não sexistas e
igualitários”.

(foto: Pedro Oliveira/Alep)

“Dívida milionária de Fruet é desrespeito com os servidores municipais”, diz Ducci


Postado em 30/mai/2016 - Sem Comentários


O deputado Luciano Ducci (PSB), pré-candidato a prefeito de Curitiba,
classificou como uma barbaridade o que o prefeito Gustavo Fruet (PDT) está
fazendo com a aposentadoria dos servidores municipais com a proposta de
parcelar em até 60 vezes uma dívida milionária que tem com o Instituto de
Previdência dos Servidores do Município.

“Este é um desrespeito que nunca foi feito na minha gestão e ao longo dos
oito anos que estive na Prefeitura. Era feito sistematicamente o repasse
dos recursos municipais para o IPMC, garantindo aposentadoria dos
servidores municipais. Mesmo com o aumento do repasse, determinado por lei,
para equilibrar o fundo, a Prefeitura cumpriu religiosamente os repasses,
como se pode ver nos balancetes publicados pelo IPMC”, disse.

Segundo Ducci, o atual prefeito alega dívidas passadas para todos os
problemas que tem na prefeitura, quando na verdade é resultado da atual má
gestão. “Fruet deixa para os curitibanos um rombo milionário, como uma
dívida para o seu sucessor pagar. Vai emprestar R$ 53 milhões da Câmara
Municipal e ainda retira os recursos dos depósitos judicias. Quero ver a
reação do Sismmac e do Sismuc frente a esse absurdo”, afirmou.

(foto: Agência Câmara)

Fruet fracassou, diz Greca


Postado em 30/mai/2016 - Sem Comentários


O ex-prefeito Rafael Greca (PMN) disse que o prefeito de Curitiba, Gustavo
Fruet (PDT), fracassou. “Não houve na história de Curitiba um prefeito tão
ruim quanto ao atual. Será a maldição do apoio do PT e do dinheiro do Lava
Jato? Parece que a coruja cagou na prefeitura”. São trechos da entrevista
de Greca ao Paraná Portal.

*link vídeo*

Redação e Administração

Rua Nilo Peçanha 798 - Bom Retiro
Tel./fax: 41.3338-0695

IMPACTO EDIÇÃO SEMANAL



Clique aqui para ver as edições anteriores.

VÍDEOS

Mutirão da cidadania atende 50 mil pessoas em Curitiba

Julgamento no TJ-SC é suspenso após advogado acusar desembargador de pedir propina

OVOS NO PREFEITO DE SÃO PAULO: Minoria autoritária tentou agressão, diz Doria

Conselho de Ética - 08/08/201 SORTEIO DE RELATOR

    Clique para ver todos os vídeos >>

ENQUETE

COMO FICARÁ A SITUAÇÃO DE LULA APÓS SER DENUNCIADO COMO CHEFE DE QUADRILHA?

:

Ver resultados


Loading ... Loading ...

ACOMPANHE NOSSAS REDES

PUBLICIDADE

 

REDES SOCIAIS

JORNAL IMPACTO PARANÁ
Redação e Administração - Rua Nilo Peçanha 798 - CEP: 80520-000 Bom Retiro - Tel./fax: 41.3338-0695